Vírus que “sequestra” sistemas se espalha pelo mundo e afeta empresas brasileiras

0
28

Fonte: Gazeta do Povo

ataque sofrido pela Telefónica mais cedo não foi um caso isolado. Em diversas partes do mundo há relatos de grandes empresas e órgãos públicos vítimas do mesmo vírus. Empresas do Brasil também já foram alvos do vírus.

INFOGRÁFICO: confira como funciona o ataque

Vítima de vírus, Telefónica usa megafone para pedir desligamento de computadores

De acordo com a Folha de S.Paulo, o Tribunal de Justiça de de São Paulo, a Vivo e o Santander tiveram problemas em suas redes internas. Pelo Twitter, um funcionário da Petrobrás relatou tentativas de ataque ao seu computador, na empresa, hoje (12) mais cedo.

Funcionários do TJ-SP disseram à Gazeta do Povo que receberam uma orientação para não ligarem os computadores hoje. A mensagem diz que “O CTIC Central do Processo Digital avisa que diante do ataque mundial aos sistemas informatizados que está ocorrendo neste momento, solicitamos a todos os usuários do MPSP que desliguem todos os computadores imediatamente.”

A mensagem ainda diz que “o incidente afetou a rede do TJSP e se espalhou pela rede Intragov do governo do estado. O MPSP está avaliando se houve comprometimento a segurança de sua rede.”

Pelo Twitter, o site especializado em Direito JOTA informou que todos os prazos do TJ-SP foram “suspensos indefinidamente.” Eles serão retomados assim que os computadores forem restabelecidos. A reportagem ainda informa que computadores do Ministério Público de São Paulo também foram afetados.

Todos os computadores tanto do TJ quanto do MP estão desligados desde o início da tarde. A medida, adotada também pela Telefónica espanhola (que chegou a usar um megafone para passá-la) e outras empresas, é uma tentativa de evitar a proliferação do vírus dentro da rede interna.

Veja a matéria completa clicando aqui

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here